Minha baixa produção de leite, o que eu fiz?

Um assunto que deixa qualquer mamãe de cabelos em pés (os que ainda não caíram), é a baixa produção de leite. Um medo muito comum e que nos assombra geralmente no final do dia, quando mais precisamos do peito cheio, antes do bebê dormir, de noite.

Acontece que, para a produção do leite, são necessários “n” fatores.

  • Noites bem dormidas;
  • Mamãe desestressada;
  • Mamãe descansada;
  • Boa alimentação;
  • Pega correta do bebê;
  • Estímulos do bebê de sucção;
  • Massagem no seios;
  • Etc.

Ultimamente estou com baixa produção de leite. Sei que devemos confiar no nosso corpo, pois ele produz o suficiente para nutrição do bebê. Mas a noite passada, tive que complementar com um pouco do leite que havia congelado – e tenho feito isso, tiro o leite para sempre ter um pequeno estoque para emergências como foi ontem. No final dos ultimo dias, meus peitos estavam parecendo duas bexigas murchas; como amamentar nessas condições?
Como disse antes, recorri a mamadeira. Graças a Deus precisei fazer isso uma vez ou outra. Entretanto, sabendo do ocorrido da noite passada, precisei tomar uma atitude para que a produção do leite aumentasse.

Nos Estados Unidos é proibido a venda de medicamentos que promovem a produção de leite. Aqui no Brasil temos vários medicamentos que aumentam a produção, mas será que isso é o correto a se fazer?

Creio que é sim, somente quando outros fatores estão em ordem e depois que já se tentou os métodos tradicionais para o aumento do leite como: alimentação saudável, muita ingestão de água e bom estímulo do próprio bebê ao amamentar. Fora isso, também tem as receitinhas antigas que dizem ajudar no aumento da produção do leite como: consumo de aveia, canjica, salmão, carne magra, folhas verdes, ovos e etc…

Você tem alguma receita para o aumento da produção de leite? Deixe nos comentários!

Recorrer ao medicamento que seu ginecologista/obstetra passar devera ser, se possível, o último dos casos. Isso não é o mais natural a se fazer, então tenha cautela. Sua produção de leite que estava se estabilizando, pode se desequilibrar e ter um aumento grande de leite sem necessidade. Lembre-se, seu corpo é uma fábrica perfeita que trabalha sem desperdícios.

No meu caso, sei que tenho me alimentado mal e bebido pouca água ultimamente. Percebo que realmente se alimentar bem, seja qual for a comida (não sendo fast food), ajuda muito a produzir mais leite. Infelizmente ainda não consigo me alimentar corretamente todos os dias, e pior ainda, nos horários certos de cada refeição. Quem é mãe sabe que é quase impossível fazer qualquer coisa no horário certo.

O bebê requer muito de nossas atenções, quem dirá deixa-lo sozinho para preparar a refeição do dia, comer, lavar a louça e ficar de olho no pequeno; além do choro, que surge quando saímos da vistas deles.
Se você se identificou comigo, que não consegue almoçar no horário certo, tente sempre deixar frutas a sua disposição, isso evitara de você recorrer aos quitutes e besteirinhas que não vão ser benéficos para você.Lembre-se, “saco vazio não para em pé”!

Confesso que usei sim medicamentos que minha médica receitou. Nenhuma mãe quer ver seu filho passar fome não é mesmo? Toda boa mãe faz qualquer sacrifício para ver seu filho bem. Qual foi o seu sacrifício?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loja Lá Vem Bebê