enxoval fora do pais

Enxoval fora do país vale a pena?

Após ter em mãos o teste de gravidez positivo e após passar pelas primeiras etapas depois da descoberta de que um bebê está por vir, é hora de começar a se planejar para a sua chegada. Ao longo dos nove meses de gestação, os pais devem se organizar e se preparar o enxoval, de modo que nada falte para o seu pacotinho. Mas será que enxoval fora do país vale a pena?

De tempos em tempos, ouvimos dizer que comprar as primeiras roupinhas e a decoração para o quartinho fora do país vale a pena. Muito se fala que os utensílios no exterior são mais baratos e que se pode comprar em abundância gastando pouco.

Muitas mamães têm o sonho de irem, principalmente, para os Estados Unidos fazerem o enxoval do bebê. Além de possuir novidades que ainda nem chegaram no Brasil, os preços podem compensar. 

Antes de avaliar se essa decisão vale a pena, separamos alguns tópicos que devem ser levados em consideração antes de planejar qualquer viagem para preparar o enxoval fora do país. Aqui vão algumas dicas:

Faça uma lista de compras 

O que devo comprar para o enxoval do bebê? Com certeza as mamães de primeira viagem terão uma lista de coisa para comprar, pois se trata de um mundo novo e desconhecido, em que não temos muita noção do que o bebê irá usar ou não, mas é melhor garantir do que não ter, não é?

A quantidade de roupinhas, mamadeiras, paninhos de boca, meias, casacos, entre outras coisas sempre é uma dúvida. 

Antes de mais nada, faça uma lista de que deseja comprar e compare os preços em lojas nacionais e internacionais. Entre no site de lojas gringas e pesquise o preço de utensílios que deseja adquirir para o seu baby.

Uma vantagem é que, algumas vezes, um objeto diferente pode ser encontrado no exterior que não tem por aqui.

Alguns itens que compensam comprar fora

A orientação é que a mamãe compre tudo o que o bebê irá precisar até pelo menos um ano de idade. Veja quais itens compensam comprar no exterior:

Carrinho de bebê

O carrinho de bebê e o bebês-conforto são disparadamente os itens ainda considerados mais vantajosos de se comprar no exterior. Além diferença de preço ser muito grande, eles estão entre os itens que mais pesam no enxoval.

No Brasil, um carrinho de determinada marca custa mais de R$4.000,00, enquanto nos Estados Unidos, é possível encontrar o mesmo produto por US$450,00, ou seja, mesmo com a conversão, dá uma diferença de valor.

Roupinhas

As roupas também podem valer a pena comprar fora. No Brasil, um body básico de manga longa pode custar na faixa de R$ 30 a R$ 35; já em grandes lojas de departamento americanas, como a Carter’s, marca super conhecida e bem vista, é possível encontrar o mesmo body, às vezes com um tecido bem melhor, com qualidade superior, por US$ 3. Levando em conta que um enxoval básico pede, pelo menos, 12 bodies (6 de manga curta e 6 de manda longa), a economia é realmente gritante.

Outros itens

Outros produtos que valem a pena são as babás eletrônicas, bombas extratoras de leite e termômetro para medir a temperatura do bebê. São, geralmente, itens mais baratos no exterior.

O que não compensa

A seguir, listamos alguns produtos que não valem a pena serem comprados no exterior. Veja só!

Móveis

O que não se compensa comprar fora são os móveis do quartinho do bebê, como cômoda, berço, armário, trocador. Esses itens, além de serem grandes, é de difícil transporte. Uma dica é pesquisar em sites brasileiros que já façam a entrega e a montagem em sua casa. Uma mãe grávida precisa de praticidade.

Produtos de higiene

Os produtos de higiene do Brasil possuem qualidade ótima. Marcas como Natura Mamãe Bebê, Granado Baby e Dove contam com linhas só para bebês, em que é possível comprar produtos ótimos pagando em real.

Os acessórios, como cortador de unhas, remédios, pomadas, brinquedos ocupam muito espaço na mala. Pode ser que eles compensem, mas se for para comprar em grande quantidade, pode ser que não sobre mais lugar para as outras coisas.

Fraldas

Sobre as fraldas, elas ocupam muito volume, o que não torna uma opção viável na viagem. No Brasil existem fraldas excelentes, dos mais variados custos. Hoje em dia, o mercado de fraldas está muito grande. Entre as marcas que se destacam, estão: Pampers, Huggies, Pompom, Babysec, MamyPoko, etc.

Saída Maternidade e Kit Berço

A saída maternidade do bebê e o Kit Berço podem ser uma opção muito válida serem comprados no Brasil. Aqui, pode-se personalizar esses itens, gravar o nome o bebê ou da sua inicial, fazer o jeito que a mãe quiser. Bem como outros itens, como o enfeite de porta da maternidade, as lembrancinhas, os docinhos, os saquinhos que separam as roupas da maternidade, a própria mala da maternidade, laços, chupetas. Tudo isso pode ser personalizado aqui no Brasil.

Outros itens

Cadeirão de alimentação e banheira são itens que ocupam muito espaço na mala e é difícil o transporte. 

As mamadeiras também ocupam grande espaço, ainda mais com grandes embalagens. Não aconselhamos a mamãe comprar isso no exterior porque não é possível saber que o bebê irá se adaptar ao bico que você escolheu. Além disso, não existe grande diferença de preço quando comparada ao Brasil.

Transporte

Deve-se pensar que, devido ao peso do item do enxoval, será cobrado um valor mais caro por bagagens extras e pesos a mais.

Conforto da viagem

A primeira coisa que você deve pensar é se você se sentirá confortável em pegar um avião e ir para fora do país. Sabemos que é uma viagem longa e cansativa, às vezes com escalas. Tudo isso depende da mãe, se ela tiver tempo e se sentir bem para viajar, deve ir. Um acompanhante nessa viagem é imprescindível. Não se esqueça: caso aconteça alguma coisa com a mamãe, alguém deve estar acompanhando-a para ajudar.

Valor do dólar

Verificar se o valor do dólar está muito caro em relação ao real pode ser um fator de decisão para a ida ao exterior. Se dinheiro não é o problema, já é um ponto positivo. Sabemos que queremos comprar o mundo para nosso bebê, que ele merece tudo do bom e do melhor. Se você tiver condições e esse for o seu desejo, vá! Afinal, não é sempre que você fica grávida.

Investimento

Faça as contas! Por fim, a decisão mais importante se trata de custo-benefício.

Antes de pensar em entrar em um avião para viajar é importante esclarecermos alguns pontos: coloque na ponta do lápis tudo o que você gostaria de comprar fazendo uma lista do enxoval do seu baby, comparando todas as marcas e opções disponíveis no mercado tanto as do Brasil como as do exterior. Nesse momento a internet será sua grande aliada!

Monte tabelas, peça indicações de amigas e mães em que você confia para indicar bons produtos, veja vídeos no Youtube, resenha de mães e, após tudo isso, calcule as diferenças de preços. 

Após isso, monte um orçamento com os custos da viagem, que integram a passagem aérea, hospedagem, alimentação, transporte e seguro saúde. Geralmente as passagens mais em conta são as fora de temporada; pesquise as passagens em uma época de baixa temporada, daí não irão faltar boas promoções, principalmente para os Estados Unidos. Como o dólar está muito alto, muita gente tem optado também por países vizinhos, como Argentina e Paraguai.

Consultoras de enxoval: produtos importados sem sair de casa

Com a ajuda de uma consultora para o enxoval, ela pode indicar os melhores endereços de acordo com o que estiver na sua lista. São pessoas que vivem no exterior, que fazem a uma lista e compram para você o que desejar. Depois, fazem uma entrega até a porta da sua casa.

Hoje em dia existem diversas consultoras de enxoval fazem pacotes de utensílios do bebê, roupas, acessórios, do jeito que a mãe escolhe, via internet. 

É bem simples: à mãe, basta falar o que gosta. Depois, é feita uma lista do enxoval com a consultora, que está no país desejado, e ela compra para você e envia ao Brasil. Nesses casos, a mamãe escolhe tudo o que quer e não precisa nem sair de casa. 

É uma ótima opção para quem não quer ter gastos com passagem e hospedagem, mas ainda sim adquirir produtos importado e de alta qualidade.  

Claro que não vai ser igual você ir até a loja e escolher a dedo o que vai querer para o seu baby. Até porque, você pode gostar de algo que viu que a sua consultora nem imaginaria que iria gostar, mas faz parte.

Decisão

Nesse momento, a mamãe deve levar em consideração que: a vantagem de fazer um enxoval fora do país é em relação às marcas gringas, bem como variedade de produtos e melhor qualidade. Por isso, a viagem deve ser muito bem planejada para que, realmente, a ida ao exterior compense financeiramente.

O mercado americano oferece mais opções de marcas e maior qualidade de produtos, tudo isso com um preço menor que o do Brasil. Agora, é preciso verificar e analisar se tudo isso vale a pena.

Para concluir…

O enxoval fora do país valerá a pena se você quiser escolher a dedo todos os itens do bebê e se você tiver esse desejo de aproveitar os últimos momento com o papai e relaxar durante a viagem. 

Hoje em dia existem consultoras de enxoval que fazem tudo para você, então a viagem não seria algo extremamente necessária. Se a viagem for algo muito bem planejado, a ansiedade com a chegada do bebê poderá melhorar e, com certeza, a ida a outro país valerá a pena.

Além do enxoval fora do país, muitos casais procuram descansar e relaxar nessa viagem. Pode ser que seja a última viagem a dois juntos antes da chegada da nova vida. Nesse caso, com certeza irá valer a pena.

Se você é uma mãe que adora estar por dentro do universo da maternidade, siga-nos em nossas páginas virtuais, do Facebook e do Instagram. Postamos conteúdos fresquinhos todos os dias por lá! Espero por você.