Algumas mães descobrem que o filho está a caminho pelo teste de farmácia; outras recebem a notícia quando são habilitadas para a fila da adoção – e, ao invés do ventre, começam uma gestação no coração. Assim como na gestação tradicional, também há um pré-natal para elas, mas sem os ultrassons. São conversas, é a expectativa, o amor e a espera, que podem superar os nove meses de uma gravidez comum, chegando a até 4 anos. Essa espera prepara o coração da mãe e o lar do filho que está por vir.

O casal Dayane Rodrigues, 24, e Peterson Rodrigo Elizei, 31, de Varginha (MG), escolheu a adoção para esperar pelo primeiro filho.

“No começo do ano passado, conversando com meu marido, já tínhamos cumprido as nossas metas – a da faculdade, a de montar a casa – e decidimos ter um filho. Procuramos um médico e fizemos todos os exames. Como eu já tinha ovário policístico, iniciei um tratamento. No primeiro mês tomei os remédios, mas não estavam me fazendo bem. Não era assim que eu esperava a chegada do meu filho. Neste momento, a adoção já estava entrando no nosso coração, pois no início do namoro já pensávamos sobre isso, mas nos parecia algo distante. Pesquisamos muito sobre o assunto, processos, depoimentos, e todas as histórias nos inspiraram para a adoção”, conta Dayane em entrevista ao Lá Vem Bebê.

No dia 16 de maio de 2016 o casal entrou oficialmente na fila de adoção e aguarda sua vez para receber o filho em casa. Enquanto isso, constroem a história do pequeno, repleta de amor.

A gestação no coração
A gestação no coração

“Eu queria ter uma história de amor para contar para o meu filho. Sou professora, trabalho com crianças, então vejo como isso é importante. No início, não contamos para ninguém sobre a nossa escolha, só contamos para os familiares mais próximos. Passamos pelo curso de pré-adoção, como se fosse o pré-natal, e então fizemos um vídeo para contar para todos que o nosso amor já estava tão grande que decidimos compartilhar esse amor e nossa forma de gerar esse filho foi por meio da adoção”, lembra Dayane.

Para contar essa história para os amigos e familiares, assim como para o pequeno que está por vir, Dayane e Peterson decidiram fazer também um book da adoção, inspirados nos ensaios de gestante, para contar para os amigos sobre a adoção e o que estavam sentindo – e o resultado ficou emocionante.
Book da Adoção
Book da Adoção

Com a notícia dada, Dayane acabou sendo surpreendida por questionamentos: “mas, você não vai ter o seu?”.

“Percebi que as pessoas não nos enxergavam como pais. Então, decidi fazer o chá para que me vissem como mãe, para verem que estamos da mesma forma, com ansiedade, medos. A forma de gerar é diferente, mas ele é meu. As pessoas não entendem, essa gestação já me transborda de amor. Queria a presença das pessoas para viverem o que estamos vivendo”, explica Dayane.
Book da Adoção
Book da Adoção

O chá do amor foi um evento nos moldes do chá de bebê, com decoração, livros de recados e com o tema urso, seguindo a decoração do quartinho do pequeno, que terá o mesmo tema.
Mamãe ursa e papai urso
Mamãe ursa e papai urso

Os registros dessa história de amor estão ganhando forma em um livro que o casal está montando, contando toda a história do filho, da fila da adoção aos eventos que celebram essa espera, repleta de amor. “Quando ele chegar quero que ele veja a história dele e saiba que ele foi esperado, que ele não foi uma segunda opção, foi a nosso primeira.”

Para Dayane, compartilhar os sentimentos do casal no book da adoção, no chá do amor e também em um almoço para os padrinhos fez com que a família e os amigos enxergassem um pouco como eles, com o desejo de dar amor e estabelecer vínculos, completando a família e superando todas as incertezas.
Chá do amor
Chá do amor

Vamos acompanhar a história da Dayane, que administra a página Diário da Adoção no Facebook, e esperamos em breve falar do nascimento do filho deles nesse lar já tão amado.


Parceria Lá Vem Bebê e Multiplus
Emocionante: casal que espera filho adotivo faz chá da adoção e ensaio fotográfico
Avalie este post

One Reply to “Emocionante: casal que espera filho adotivo faz chá da adoção e ensaio fotográfico”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *