O momento do parto costuma ser de bastante apreensão para as mamães logo no início da gravidez. Apesar da maioria dos obstetras só começar a conversar sobre isso a partir da 30ª semana da gestação, a mamãe já pensa nisso desde a notícia da gravidez. E a mamãe está certíssima!

Definir como será seu parto, como quer enfrentar cada momento ajuda a dar tranquilidade e, principalmente, fazendo com que ela se prepare para a grande hora.

Mas antes de começar a fazer, a mamãe precisa descobrir: o que é um Plano de Parto?

Ele ainda é bastante confuso para algumas mamães. Ele é uma lista? Um passo a passo?

Nada disso! O Plano de Parto é um documento no qual a mamãe explica item por item do seu planejamento para a hora do parto, guiando a equipe médica e a maternidade a respeito da maneira como quer passar pelos diferentes momentos do trabalho de parto.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) determina que alguns procedimentos sejam adotados durante o parto, buscando um melhor resultado para saúde da mamãe, do bebê e dos primeiros momentos desse tão esperado encontro.

O site Lá Vem bebê reuniu estas 7 dicas imperdíveis para que a mamãe preparar o seu Plano se Parto!

Comece o quanto antes

Pensar no Plano de Parto com maior antecedência faz com que a mamãe tenha mais tempo para pesquisar, conversar com quem já passou pelo parto, para mudar tudo o que foi escrito…

É natural que ao longo da gestação muitas das certezas do início se modifiquem bastante. Quanto mais informações e estudo mais a mamãe descobre qual é o melhor caminho para ela.

Por isso é importante começar a pesquisar e estudar antes, sem pressa, e com a possibilidade de mudar de ideia no meio do caminho- e comunicar todos das mudanças!

Converse com o papai

O momento do parto há algum tempo não é mais solitário e apenas da mamãe. A presença do papai durante o parto é uma realidade em todos os hospitais e maternidades.

Mas ainda não é ideal.

Organizações que tratam sobre o tema discutem cada vez mais a participação dos papais durante todo o trabalho de parto.

A presença dele traz confiança e ajuda a criar laços ainda mais fortes com o pequeno que está chegando.

Converse com seu parceiro sobre a participação dele, sobre as vontades dele também para esse momento.

Assim, desde o início, ele se sentirá incluído e importante para esse processo e a mamãe terá o apoio que tanto faz diferença nessa hora.

Converse com seu obstetra

Não adianta ficar planejando um milhão de coisas para o momento do parto sem conversar com seu obstetra antes. A decisão será sempre sua, mas questões médicas devem ser levadas em consideração.

Fale com ele sobre o que você pensa para cada etapa. Discuta as possibilidades e ajuste seu desejo ao que seu médico recomendar.

Vale novamente lembrar: a decisão de como será o parto é SEMPRE da mamãe, mas ouvir o especialista é essencial para se preparar de maneira eficaz e segura.

Pesquise sobre diferentes maternidades

Mesmo que a mamãe decida pelo parto domiciliar (sempre com acompanhamento dos profissionais necessários) ter um hospital ou maternidade preparados para receber a ela e ao bebê caso seja necessário é essencial para a tranqüilidade de todos.

Avalie como é a conduta do hospital em todos os quesitos necessários como presença de acompanhantes, liberação para movimentação durante o trabalho de parto…

Apesar da OMS preconizar alguns pontos, vale conferir como a maternidade mais próxima avalia o Plano de Parto que a mamãe realizou.

Escreva pela primeira vez

Depois de pesquisar e conversar bastante, chegou a hora de escrever pela primeira vez o seu Plano de Parto. Pela primeira vez? Sim, por que dificilmente esta será a última!

Uma boa parte das mamães acaba mudando uma ou duas vezes de ideia sobre um ou outro ponto do Plano. E isso é muito natural, já que com o transcorrer da gravidez a mamãe vai conhecendo ainda mais os seus desejos, a saúde do bebê e as suas próprias condições para o parto.

O Parto não é só feito de planos

Considere sempre um Plano B e prepare esse plano também. Nada melhor do que estar segura e preparada para qualquer situação que acontecer!

É muito importante a mamãe entender que por mais que o Plano de Parto seja perfeito, bem elaborado e muito conversado com todos, na hora H quem manda é o bebê- e a natureza!

Prepare-se para o seu Plano de Parto

E o mais importante do Plano de Parto: preparar-se para ele!

Não adianta escolher parto normal e não manter a alimentação, não pesquisar sobre respiração, não decidir se quer ou não anestesia… Ter um Plano de Parto significa toda uma jornada em busca desse objetivo!

E, como já dissemos anteriormente, não se assuste se no grande dia seu bebê resolver que tudo será diferente! Mantenha a tranquilidade e traga seu bebê ao mundo com todo amor!

 

Quanto antes o Plano de Parto começar a ser pensado, maior a probabilidade dele se tornar real!

Assim, mamãe, papai e obstetra estarão afinados como uma orquestra para a música mais linda do mundo!

 

 

 

 

7 dicas de como (e quando) fazer seu Plano de Parto
Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *