pós-parto e os cuidados necessários

Pós-parto e todos os cuidados para uma boa recuperação

Nós ficamos tanto tempo grávidas que parece que sempre estivemos e sempre estaremos grávidas. Então chega o grande dia, o dia do parto! É uma correria pra ir ao hospital, você fica rodeada pela equipe médica, e passa algum tempo dentro da sala do parto e de repente não está mais grávida. Agora começa a outra parte de tudo isso, o pós-parto! Que tipos de cuidado precisamos ter no pós-parto? Posso voltar a fazer exercício? Todas as informações que você precisa sobe o pós-parto neste artigo!

O que é o pós-parto?

O pós-parto que também é chamado de puerpério, se inicia de 1 hora a 2 horas após a saída da placenta. Esse período é dividido em puerpério imediato (1º ao 10º dia após o parto), tardio ( 11º dia ao 42º dia após o parto) e remoto (a partir do 43º dia após o parto). E segundo um material divulgado pela Telessaúde de Mato Grosso, algumas mudanças no seu corpo vão acontecer:

  • A temperatura do seu corpo vai aumentar discretamente;
  • O seu sangue vai apresentar leucocitose e aumentar em volume;
  • Uma secreção vaginal escura, que se chama lóquio vai estar presente por um tempo mas vai clareando com o tempo e depois para sozinho;
  • Os seus órgãos da região abdominal irão retornar aos seus lugares originais;
  • O útero voltará a seu tamanho normal.

Provavelmente você sentirá algumas cólicas durante a amamentação, pois seu útero está retornando ao tamanho normal.

Cuidados físico e psicológicos no pós-parto

Após o parto muita coisa muda, tanto com o seu corpo quanto as suas emoções por isso, é preciso cuidar da saúde emocional como cuida da saúde física.

Cuidados com o físico

Procure usar roupas confortáveis e sutiãs de um tamanho que não te incomode, pois ele ajudará o leite a não empedrar. No site do Hospital Santa Lucinda exitem algumas dicas muito importantes, como por exemplo o cuidado com a alimentação, que deve ser equilibrada e rica em proteínas e a recomendação para se beber muita água, que é a matérias prima do leite materno. Um ponto muito importante de ser lembrado é o perigo da automedicação. Como você estará amamentando não pode ser automedicar de maneira alguma, pois muitos remédios “passam” para o leite e podem alterá-lo.

Cuidados com o emocional

Tanto todo o período que você esteve grávida quanto agora que passou por todo o estresse do parto, foram muitas emoções nos últimos meses. Você poderá se sentir sensível, com medos e inseguranças. Mas não se preocupe, é uma fase e ela passará, logo você e o bebê se sentiram confortáveis com tudo. Nesse momento o apoio de todos os familiares e pessoas próximas é muito importante, pois a mulher está em um momento emocionalmente difícil.

Cuidados em casa

Uma dica um tanto quanto estranha é: exercite-se! Muitos músculos foram muito exigidos durante a gestação, por isso fazer caminhadas e exercícios físicos ajuda nesse retorno à normalidade muscular. Outro benefício dos exercícios é o alívio do estresse e ansiedade. Assim o como foi falado no parágrafo anterior, muitas emoções estão aflorando na mamãe, por isso fazer atividades físicas no pós-parto é muito eficaz.

Agora, vamos conversar um pouco sobre os cuidados específicos de um pós parto normal e pós cesariana e dicas que encontramos no blog da saúde do ministério da saúde.

Pós parto normal

A recuperação do parto normal é mais tranquilo e rápido. O cuidado mais importante é quanto a episiotomia, que é um corte comumente feito perto da vagina para ajudar o bebê a sair. Você deve manter a cicatriz sempre limpa, e lavá-la sempre no banho e depois de fazer as suas necessidades. Quanto aos pontos, não se preocupe, eles cairão sozinhos. A cicatriz pode ficar dolorida, mas não há nada com o que se preocupar. Mas fique atenta a sinais de possíveis infecções e caso suspeite que esteja infeccionando, vá ao médico.

Pós cesariana

Já o pós cesariana é mais demorado mas os cuidados são bem parecidos. Mantenha a cicatriz limpa e lave-a sempre no banho e após utilizar o banheiro. A diferença é que você precisa ir ao hospital retirar os pontos depois de 8 a 10 dias depois do parto. Assim como no parto normal, fique atenta a sinais de infecções e caso suspeite disso vá ao médico.

Coisas para se ficar atenta no pós-parto

Anteriormente falamos um pouco sobre o lóquio, que é uma secreção vaginal. Esta secreção tem uma coloração escura no começo e vai clareando, seu odor é característico mas não é desagradável. Por isso, caso você repare em algum sangramento vaginal com cheiro forte e desagradável e também tenha apresentado febre, procure um hospital. Estes sintomas são característicos de um quadro infeccioso e precisa de tratamento imediato, principalmente agora que você está amamentando.

O pós-parto e o papel do companheiro

Muito se fala dos cuidados que a mãe deve ter logo após o parto, mas qual o papel do pai/companheiro neste momento tão único mas também emocionalmente complicado?

Muitos pais se sentem tão inseguros quanto a mãe, com o agravante ainda de não poder ajudar na prática, pois não pode amamentar fazer outras coisas que só a mãe pode. Mas muita calma nesta hora. O companheiro é uma peça importante quanto ao suporte emocional da mãe. Como a mulher fica mais sensível no pós-parto e se sente muito insegura, busque cobri-la com palavras e acolhimento e encorajamento. Uma atitude prática é oferecer água, comida e coisas do tipo enquanto ela amamenta, já que enquanto está dando o peito ela não pode sair para beber ou comer.

Mas um companheiro prestativo e preparado não se faz da noite para o dia. Por isso, é importante que ele sempre ouça com muita atenção as orientações e dicas do corpo médico. Muitos hospitais oferecem cursos preparatórios para os futuros papai e mamãe. Tire todas as dúvidas para se sentir menos inseguro quando o bebê finalmente chegar.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos que estão quase na reta final da gestação! E você? Como foi o seu pós-parto? Comente aqui para ajudar outros papais e mamães a enfrentarem esta nova fase da vida deles.

Loja Lá Vem Bebê

Logo Lá Vem Bebê