Por que eu considero minha filha da geração Nutella? Conheça produtos interessantes para o seu enxoval!

Você sabia, que hoje em dia, existe dois termos para tirar sarro dessa geração? Existe a geração “Raiz” e a geração “Nutella”.

A primeira é referente a geração que desprovia de tanta tecnologia como hoje. A pessoa é/era considerada autêntica e não segue muito a moda; era a geração dos nossos pais, avós e seus antepassados. Aquela que comia pão com manteiga, brincava na rua, ia para escola a pé, lia livros, usava mamadeira de vidro, fralda de pano entre outros.

A segunda geração é essa que ama novidade, vive no tablet, tem os melhores acessórios, roupas de grife, muitos brinquedos, não tem paciência em esperar, não sabem se virar sozinhos etc.

Esses dois termos são memes inventados pela mídia recentemente. E ai? Seu filho é mais para  geração Raiz ou Nutella?

Considero minha filha Nutellinha, porque sou daquelas mães que procuram novidades de boa qualidade; passa horas vendo vídeos de comparação de produtos e fica fazendo uma lista de desejos de compra. Você se identificou comigo? Realmente faz diferença gastar um pouco mais? Seu filho vai perceber se é de marca?

Abaixo vou escrever alguns dos itens que comprei para Alice e que a torna Nutellinha de berço! Também espero que você conheça um pouco dos novos produtos para o seu bebê disponíveis no mercado.

Mamadeira Tommee Tippee e Comotomo

Todas as mamães precisam de ter pelo menos uma mamadeira, na minha opinião. Mesmo que você queira dar apenas o leite materno, vai ter uma hora em que você irá precisar dar a mamadeira para o seu filho. Aconselho também que você ensine desde cedo a usar este item principalmente se um dia você voltar a trabalhar. Bem, as mamadeiras que a Alice usa são de duas marcas estrangeiras: Tommee Tippee e Comotomo.

As mamadeiras da Tommee Tippee uso desde que ela nasceu. Ela ganhou três: uma cor de rosa (que deixei derreter na panela quando estava esterilizando-a), roxa e amarela. Eu amei esse item porque tem um bico de silicone com pouco fluxo, imita o bico do peito, possui uma válvula anti cólica, e o que mais gosto é que o bico é flexível.

As mamadeiras da marca Comotomo ela irá usar a partir de seis meses. Comprei com furo para um fluxo maior e nela pretendo dar suco, água e leite. Desta marca, eu achei muito lindinhas e você vai achar também. Ela tem o bico de silicone parecido com a da marca anterior, a diferença é que possui duas válvulas anti cólica; e o diferencial é que ele possui o corpo macio de silicone também.

Trocador Skip hop

Comprei esse trocador nos Estados Unidos. Aqui você encontra por quase R$300,00, lá paguei cerca de $25 dólares (ainda achei caro); entretanto, é um item que não sai da bolsa da Alice. Confesso que ele é meio grande, mas gosto dele porque posso dar só ele com os itens de troca dentro para a pessoa que for trocar a Alice. Algumas das vezes ela fez xixi no trocador, mas era só passar um lenço ou um papel que já estava seca, pois é impermeável. Ele possui duas bolsinhas com ziper e um compartimento com telinha. Também vem com um estojo de plástico para colocar algum item de higiene dentro e um dos lados do trocador, possui um pequeno travesseiro.

A mãe raiz usa um pano qualquer para usar como trocador, geralmente um cueiro.

Jarro térmico Foogo

A Alice vai começar a introdução alimentar dela daqui duas semanas e para levar a comidinha em qualquer lugar, comprei o jarro térmico da marca Thermos chamada Foogo. Aqui no Brasil custa em torno de R$250,00 e nos Estados Unidos, onde comprei, custa em torno de $12 dólares. Ele deixa os alimentos quentes por cerca de sete horas e frio por cinco horas ou mais. O mais importante, quando você comprar um desses potinhos térmicos, é que ele tenha uma camada a vácuo que não deixa haver troca de temperatura entre o meio. A tampa é hermeticamente fechada, mas como é de plástico, provavelmente é por ela que o calor ou frio passa.

Resultado de imagem para foogo

A mãe raiz não leva papinha no potinho térmico, ela leva uma marmita no ziploc.

Colchonete Clingo

A Alice dorme até hoje no moisés, e como é duro, decidi comprar um colchonete universal, que entra em qualquer carrinho, para ficar mais macio. A marca é da Clingo e paguei cerca de R$170,00 reais. Apesar do preço, como é um item que ela usa todos os dias e irá usar quando for passear, decidi investir um pouco mais. Também existe várias estampas muito fofas.

Mochila/Malinha Maternidade L’EQUEEN

A modinha do ano passado e deste ano foi as mochilas da L’equeen ou da marca Land. Eu optei pela da primeira marca, mas creio que não tenha diferença. Percebi que muitas mães usam e que as malinhas com alças laterais estão saindo de moda.

Esta mochila é realmente grande e entra tudo bem organizado dentro dela; acho mais fácil de carregar também quando se tem uma criança de colo. Este item comprei no Brasil pela internet; os preços variam muito, cerca de R$150,00 ou mais. (A estampa da minha malinha é toda cinza, escolhi essa foto porque ilustra bem o modelo).

Resultado de imagem para lequeen cinza

Pomada Little Ones

A pomada da Alice é canadense da marca Little Ones com 250g. Este é um item que você pode pedir para o amigo do exterior, que devido a quantidade do pote, dura por muito tempo e você economiza nas pomadas do Brasil que são caras. Outras marcas mais usadas são Desitin e A+D.

Não senti diferença se assa mais ou menos o bumbum da Alice porque depende muito do tempo em que ela fica com a fralda suja. A textura do produto é boa e fácil de limpar.

A pomada da mãe raiz era o famoso Hipoglós.

Chupeta Avent

Eita chupeta cara! Por que será que algumas chupetas são tão caras não é mesmo? A da Alice veio dois por aproximadamente R$64,00 comprado na farmácia do Brasil mesmo. É da marca Avent Soothie. Você pode encontrar esse item por cerca de $7 dólares na Amazon.

Resultado de imagem para soothie avent

A mãe raiz comprava chupeta em qualquer lojinha ou farmácia; e só tinha um modelo!

Cadeirinha de Alimentação Safety 1st Jelly

Já escolhi a cadeirinha da Alice, mas ainda não comprei (em breve uma resenha sobre ela no nosso blog). Minha escolha dentre outras cadeirinhas é que ela é  muito bonita, moderna e funcional. Moro em apartamento pequeno e é impossível termos um cadeirão tradicional. Também não queria as cadeirinhas que só podem colocar em cima da cadeira, pois eu e meu esposo sempre fazemos nossas refeições numa mesa mais alta.

Esta cadeira é bem legal! Pode ficar em três modos e os acessórios podem ser guardados dentro dela. Outra coisa bem importante e que outras mães reclamam de suas cadeirinhas é que algumas não saem as cintas de segurança para lavar – ficando encardido.

Resultado de imagem para safety 1st jelly

Compre na nossa loja! Cadeirinha Safety 1st Jelly

Banheira Kiddo Origami

Mais um item ótimo para quem mora em apartamento pequeno é a banheira retrátil. Não importa muito a marca. Eu só comprei a minha da marca da Kiddo porque tinha na cor branca. Esta banheira ocupa menos espaço porque dá pra fechar ela como se fosse uma sanfona. Também consigo levar nas viagens para a Alice tomar o banho dela.

Resultado de imagem para banheira retratil kiddon

A mãe raiz dava banho na bacia! Eu fui dessa época e você?

Roupinhas Carter’s

Amo de paixão essa marca! Uma estampa mais linda que a outra, com cores vibrantes e um preço justo. Esta marca estrangeira é bem conhecida entre as mamães e hoje você encontra esta marca na loja Riachuelo.

A Alice tem várias roupinhas dessa marca e é a que ela mais usa. A roupa tem ótima qualidade e acabamento. Possuem tecidos leves e macios.

Resultado de imagem para carters

Babá eletrônica

Para as “mães raízes” o negócio é ter ouvidos apurados para ouvir de longe o chorinho do bebê. Para as mães Nutella, como eu, a gente fecha a porta do quarto do bebê e deixa a babá do nosso lado. Dá para ouvir até a respiração da pequena!

Hoje em dia existem vários modelos de babá eletrônica e também, não é mais um produto tão caro como antigamente.

Resultado de imagem para angel care

Colherinha que muda de cor

A Alice ganhou um conjunto de colherinhas que estou louca para usar na introdução alimentar da pequena. As colherinhas mudam de cor quando a comida está muito quente, não é interessante?

Resultado de imagem para colherzinha munchkin

A mãe raiz com certeza é aquela que assopra e experimenta antes de dar a comidinha para o bebê.

 

Mas afinal, é exagero ou frescura? O moderno é melhor? A geração Nutella não é culpa da geração raiz?

Deixe nos comentários sobre o que você acha sobre o assunto! Seu bebê é Nutellinha ou é raiz?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loja Lá Vem Bebê

Logo Lá Vem Bebê