doulas

O que são doulas?

Nos dias de hoje, muito se fala em ter uma doula para fazer o acompanhamento do parto. Mas, afinal, o que são doulas? Podemos dizer que são mulheres que auxiliam a grávida em todo o seu período gestacional, durante o momento do parto e também após o seu parto. 

Elas são responsáveis por apoiar, fazer recomendações, guiar a gestante conforme o seu cronograma de parto e acompanhar o desenvolvimento do bebê. A sua função é auxiliar a nova mamãe a ter mais confiança e segurança em si mesma durante essa fase tão especial.

Antes de você decidir se quer que o seu parto tenha o acompanhamento por uma doula, separamos algumas de suas atribuições durante o pré-parto, o parto e o pós-parto. Definimos o seu papel em cada fase da gravidez e as atividades que as doulas empenham. Boa leitura!

Origem das doulas

A palavra doula vem do grego, ‘’mulher que serve’’. Nos dias de hoje, esse termo se refere às mulheres que fornecem um suporte prático e emocional às gestantes; elas instruem antes, durante e depois do parto da mais nova mamãe. 

Em tempos passados, a parteira fazia os partos das mulheres em casa e as acompanhavam por algumas semanas para ajudar no cuidado com o bebê.

Com o passar dos anos, os partos foram trazidos para a área médica, e se perdeu o contato com as antigas parteiras. Desse modo, o trabalho foi passado aos hospitais às maternidades, com uma equipe médica especializada. Além disso, a assistência de hoje é dirigida também ao médico obstetra, às enfermeiras e ao pediatra, cada um com sua função já definida.

Apesar dos cuidados técnicos que são recebidos à mais nova mamãe por profissionais da área, ao mesmo tempo, existe uma lacuna que não é preenchida por eles: o cuidado emocional. Quem cuidará especificamente da grávida? Quem vai lhe auxiliar fisicamente e emocionalmente para a nova vida?

O ambiente hospitalar, com a presença de pessoas desconhecidas pela mãe em um momento tão íntimo e pessoal, pode trazer uma mistura de sensações para ela. 

Podemos dizer que essas primeiras horas após o parto são de extrema importância para a mulher grávida, pois é nesse momento em que são criados os primeiros laços afetivos e emocionais dela com o seu pacotinho. Como também existe o momento especial da amamentação, em que se demanda muita calma.

É nesse contexto de cuidado para com a mãe que as doulas se tornam importante. Elas resgatam um acolhimento que foi perdido em um ambiente hospitalar desconhecido. Independentemente do tipo de parto escolhido, elas vão ajudar a gestante em sua nova vida.

 Trata-se de um apoio emocional de extrema importância para a grávida ficar de bem com ela mesma e, naturalmente, estar apta às futuras mudanças com o bebê.

Acompanhamento pré-parto

As doulas podem fazer um acolhimento no pré-parto para auxiliar a mamãe em como gostaria de dar à luz. É esse o momento de ansiedade para muitas futuras mães: o parto. A escolha de uma doula traz confiança, calma e conforto para a gestante.

Antes do parto, a doula pode fazer seu papel explicando à mãe os tipos de parto, as formas como conduzi-lo e as opções existentes de como o deseja fazer.

É importante deixar claro que as doulas não são médicas. Portanto, vale ressaltar que o acompanhamento com um médico para realizar o pré-natal é fundamental. 

As doulas ainda, podem fazer juntamente com a mãe um plano de parto, como forma de traçar diretrizes da tão esperada hora.

O plano de parto é uma opção muito relevante para a mãe ser instruída de todos os passos durante o parto.

É no pré-parto em que é decidido pontos importantes como: a escolha do hospital; acompanhante; como será realizado o parto; em qual momento (caso seja um parto agendado); se vai ser utilizado anestesia ; a seleção de músicas durante o parto; qual vai ser o tipo de alimentação durante o período de trabalho de parto (vale lembrar que pode durar horas, em casos de partos normais); a apresentação de atividades com a bola (associados com exercícios de dilatação), o uso da banheira, entre outros detalhes. 

Outro ponto importante que a doula pode auxiliar é no plano de parto. Ele serve para exteriorizar a vontade da mãe, de modo a constar eventuais causalidades de possam existir na hora do parto. 

Acompanhamento durante o parto

Durante o parto, as doulas ajudam a manter a comunicação entre a mãe e a equipe médica. Ela explica à mãe os termos médicos e procedimentos hospitalares que vai ser submetida, bem como trata a mãe com sensibilidade e delicadeza, para que fique calma no momento mais feliz da sua vida.

É importante destacar que a mãe passa por um momento de extrema vulnerabilidade, e é fundamental que ela se mantenha relaxada para melhorar a evolução de seu parto.

Ainda, ajuda a mãe a encontrar posições mais confortáveis para o trabalho de parto e parto, formas de respiração, e meios naturais para aliviar as dores, como óleos de massagem, compressas com água quente, o banho de banheira e o banho de chuveiro.

Devemos destacar que as doulas não substituem o acompanhamento do pai durante o parto. Dessa forma, elas vão auxiliar o casal no momento do parto, até porque, muitas vezes, o pai ou o acompanhante não está preparado para este momento.

 Durante o parto as doulas explicam para o pai como ajudar a sua mulher ficar mais calma: apoiando-a, falando palavras de conforto, massageando seu corpo, sendo carinhoso, serviente e prestativo no que precisar.

A doula também pode mostrar ao pai como ajudar a sua parceira durante a gestação como, por exemplo, fazer a mamãe relaxar, explicar quais exercícios fazer no pré-parto para a dilatação, massagens durante a gestação e após a gestação para aliviar as dores.

O papel do pai ou companheiro é de extrema importância para a mamãe porque é um momento especial para os dois, deve existir participação e presença dele para criar um vínculo familiar forte, indestrutível e saudável. A mãe não deve se sobrecarregar sozinhas nas tarefas com o bebê. 

Acompanhamento pós-parto

Após o parto, muitas mamães ficam perdidas e desamparadas de cuidados, apenas pensam no melhor para seu bebê, sendo a sua única prioridade. Muitas vezes são esquecidas até mesmo por familiares por se importarem apenas com o novo membro da família, e se esquecem de como a mãe está, como ela está se sentindo após o parto, como estão sendo os primeiros dias com o bebê e se precisa de algum tipo de ajuda.

 O papel das doulas se tornam importantes à mamãe ao fazer visitas à família, oferecendo apoio, especialmente porque está passando por um momento de mudanças, inclusive hormonais. Nessa fase, ela deve auxiliar a mamãe também na amamentação e nos cuidados com o bebê.

Muitas mães sofrem de depressão pós parto, assunto de extrema importância que não deve ser deixado de lado. Nesse sentido, a mãe não se sentido bem deve procurar profissional específico para auxiliá-la no tratamento.

Busca por doulas

Existem várias formas de se encontrar uma doula, seja na internet, seja por recomendação. Porém, existe uma sensação fundamental que deve ser transmitida entre doula e gestante: confiança. 

Aquela doula te transmitiu confiança? Você se identificou com ela? Aprecia o trabalho dela? Tente buscar experiências de outras mulheres que a tiveram doulas, pergunte a elas como foi seu trabalho, se foi satisfatório. 

A escolha da doula deve ser por feeling; é algo pessoal. Ela vai te ajudar no momento mais importante da sua vida.

Para concluir…

Para as mamães de primeira viagem, a escolha de uma doula pode ser algo confortante, de modo a deixá-la mais confiante. As doulas auxiliam a mamães antes, durante e após o parto, e possuem o papel fundamental de oferecer o apoio emocional.

Antes do parto, a doula é uma educadora, alfabetiza a mãe e o pai nesse novo meio de descobertas e os prepara para o grande dia de suas vidas.

Durante o parto, a doula realiza todos os pedidos da mãe, a tranquiliza, faz com que o momento seja inesquecível. Ela faz com que todo o plano de parto e as vontades da mamãe de concretize.

No pós-parto, ela fornece suporte emocional para a mãe, que passa por uma grande mudança. Para o baby, ela fornece dicas de cuidados, apresenta às formas de amamentação e tira eventuais dúvidas que possam surgir nessa nova fase.

Agora que você já sabe o que são doulas, é a sua vez de pensar se deseja ter uma para acompanhar a sua gestação.

Se você gosta desse tipo de conteúdo e quer se manter atualizada sobre o universo da maternidade, nos acompanhe nas redes sociais. Postamos conteúdos fresquinhos a cada dia na nossa página do Instagram e do Facebook. Esperamos você por lá!