Cha de Bebe Online

Exercícios na gravidez: como começar de maneira segura?

Fazer exercícios na gravidez é uma ótima maneira de ficar em forma durante esse período, mesmo para as mamães que costumavam fazer antes da gestação ou para quem quer começar a ter uma vida mais saudável.

Neste artigo, você conhecerá algumas dicas de como fazer exercícios durante a gravidez sem colocar em risco a sua vida e a vida do seu bebê, além de manter o seu corpo em forma e saudável.

Escolha os melhores exercícios físicos

Um dos primeiros pontos a se levar em conta na hora de começar a se exercitar é escolher os exercícios que farão parte da sua rotina. É importante escolher modalidades que sejam fáceis de serem executadas, além de serem permitidas para grávidas.

Para as mamães que já são acostumadas a fazer exercícios, podem continuar a fazer os mesmos, mas também podem optar por fazer outras atividades, caso ache que seja perigoso para o neném ou queira fazer algo diferente.

Cha de Bebe Online

Musculação

Ao contrário do que muitas mamães pensam, é possível começar ou continuar a fazer exercícios de musculação durante a gestação. Obviamente, é preciso tomar alguns cuidados para que os movimentos não causem danos ao bebê.

Esse tipo de exercícios busca trabalhar a musculatura corporal com pesos, em que a pessoa realiza exercícios específicos para atuar em um grupo muscular próprio, para tonificá-lo ou defini-lo.

Natação

Natação é um exercício bastante procurado por grávidas, já que ele é bastante leve e não causa riscos para o bebê. Essa atividade física é feita em piscinas, nas quais são feitos exercícios que movimentam os braços e as pernas.

Por conta da resistência da água, a sua movimentação é dificultada, o que torna essa atividade uma ótima maneira de tonificar os músculos dessas regiões, além de ser relaxante passar longos períodos na água.

Pilates

O pilates é uma atividade física que fortalece a musculatura do assoalho pélvico, além de ajudar na sustentação da barriga pelo corpo da mamãe. Ele também é procurado por quem quer corrigir e fortalecer a postura.

Esse é um método que combina alongamentos com exercícios suaves, além de técnicas de respiração que ajudam a acalmar a mente. As mamães precisam tomar um certo cuidado com os exercícios que forçam o abdômen.

Exercícios cardiovasculares

Outro tipo de exercício que muitas mamãe pensam em descontinuar são os cardiovasculares, como caminhadas e corridas. Entretanto, eles podem diminuir a ansiedade corporal, aumenta o fôlego e a resistência física.

É possível fazer exercícios cardiovasculares em todo o período de gravidez, mas a indicação é começar leve no primeiro trimestre, para que seu corpo se acostume com essa nova rotina de exercícios.

Alongamento

Esse é um ótimo tipo de exercício para quem quer melhorar a sua flexibilidade muscular, além disso, auxilia no relaxamento do corpo e na redução da ansiedade, muito comum durante o período da gestação.

É possível fazer atividades de alongamento durante todo o período da gravidez, mas é preciso tomar muito cuidado durante o terceiro trimestre, já que o bebê poderá se machucar durante as execução de certos exercícios.

Ioga

A ioga é uma atividade física bastante popular, principalmente entre as grávidas, por ser constituída de exercícios leves e relaxantes. Essa é uma prática oriental que visa trabalhar corpo e mente por meio de posições corporais e práticas de respiração.

É possível realizar o ioga durante todo o período de gestação, mas é importante ficar atenta com a mudança do seu centro de gravidade no terceiro trimestre, que sofre alterações por conta do crescimento do bebê.

Thai Chi Chuan

Essa é uma arte marcial chinesa que também atua como uma técnica de meditação, já que seus movimentos são leves, podendo ser feitos inclusive por gestantes. O Thai Chi Chuan ajuda no relaxamento dos músculos, aumenta o equilíbrio e consciência corporal.

Essa luta pode ser feita em qualquer fase da gestação, apenas é necessário tomar cuidado com a mudança do centro de gravidade corporal durante o terceiro trimestre da gravidez, o que pode dificultar a realização de alguns movimentos.

Dança

Dançar também é uma ótima forma de se exercitar, além de ser altamente divertido. Existem diferentes ritmos que podem ser dançado, alguns inclusive em pares, sendo uma ótima forma de fazer uma atividade física com seu parceiro.

Ela podem ser feita durante todo o período de gravidez, porém é importante monitorar a sua frequência cardíaca, além de tomar cuidado com a falta de equilíbrio que pode começar a surgir no último trimestre da gravidez.

Converse com seu médico

É muito importante ter um contato próximo com o seu médico durante o período de desenvolvimento do neném, para que você tenha uma orientação adequada do que pode ou não ser feito durante a gestação.

Uma das dúvidas que podem ser tiradas é com relação à possibilidade ou não de se fazer exercícios físicos durante a gestação, levando em consideração se essa é uma gestação de risco e também a sua atual condição física.

Também é interessante se consultar com um personal trainer que tenha experiência com a orientação de exercícios para gestantes, assim, ele poderá indicar quais as práticas indicadas para o seu caso.

Ao realizar exercícios de maneira errada ou sem a autorização do seu médico, você poderá estar colocando a vida do seu neném em risco, já que pancadas ou certos movimentos corporais podem causar danos ao bebê.

Até mesmo a mamãe pode ter consequências com essa atitude, já que o excesso de exercício e a falta de uma orientação adequada farão com que ela se canse mais ou desenvolva outros problemas durante a gestação.

Caso você já esteja praticando exercícios com orientação dos médicos, mas está notando dores ou outros sinais de que algo possa estar errado, entre em contato com o seu profissional de saúde o mais rápido possível.

Continue a se exercitar mesmo após o parto

Caso os seus exercícios estejam dando certo, é importante que os exercícios sejam continuados mesmo após o nascimento da criança. Isso auxiliará a manter os benefícios, além de ser uma maneira de cuidar do próprio corpo.

Muitas mamães podem ter problemas de autoestima por conta das mudanças decorrentes do nascimento do bebê, e por isso, a prática de exercícios físicos durante e após o parto é uma maneira de diminuir essas transformações e ter um corpo bonito.

A realização de atividade física oferece uma série de benefícios para a mamãe. A prática de exercícios libera endorfina, considerado o hormônio da felicidade e também do relaxamento do corpo e mente.

Outro benefício da prática de exercícios físicos é que ele auxilia na perda de peso. Caso você perceba que, após ganhar o neném, está ganhando muito peso, começar a se exercitar é uma forma de conseguir voltar ao seu corpo ideal.

Seus músculos e ossos são fortalecidos pela prática de exercícios físicos, já que exercícios como a musculação ajudam a construir e desenvolver músculos, já que essa prática faz com que sejam liberados hormônios que permitem a eles absorverem aminoácidos.

Você sabia que a prática de exercícios pode ajudar até mesmo a largar vícios? Bebida, cigarro e outros produtos acabam liberando dopamina no cérebro, fazendo com que a pessoa sempre procure por mais para saciar a necessidade desse hormônio.

Entretanto, a prática de atividade física também libera dopamina, fazendo com que esse hábito seja trocado e a pessoa comece a ter uma vida mais saudável, com o hormônio do prazer sendo liberado por uma atividade que causa benefícios ao seu corpo.

Comece devagar

É importante pegar leve ao começar a se exercitar. É importante ter em mente que o seu corpo possa não estar acostumado com a prática de exercícios e já está tendo que lidar com modificações constantes no corpo por conta da gravidez.

Com o tempo, você começará a se acostumar com a nova rotina, além de consegui encontrar um exercício que goste e tenha prazer em fazer. Dessa forma, você se divirtirá e conseguirá levar uma vida mais saudável.

Também é muito importante entender e respeitar os limites do seu corpo, principalmente durante esse momento complicado da gravidez, por isso, não tenha receio de parar para ir ao banheiro ou fazer menos séries para descansar.

O importante é que você se exercite e se garanta que o bebê está saudável. E para complementar a sua rotina de exercícios, a sua alimentação também precisa ser de qualidade, investindo em frutas e verduras.

Faça várias refeições ao dia, já que é preciso garantir que tanto você quanto o bebê estejam com todos os nutrientes em dia, caso o contrário, você poderá não apenas comprometer o desenvolvimento do neném, mas também colocar a sua saúde em risco.

Assim, colocando em prática essas dicas de como malhar durante a gravidez, você conseguirá manter uma vida saudável mesmo durante a gestação, garantindo um parto tranquilo e uma vida mais saudável mesmo após o nascimento do bebê.

E além de planejar a sua ida ou volta para a academia, que tal começar a planejar o seu chá de bebê? Acesse o nosso site e comece a montar a sua lista agora mesmo!