dor nas costas o que fazer?

Dor nas costas na gravidez? O que fazer quando tiver muita dor?

A gravidez nos traz muitas coisas boas, dentre elas a famosa barriga de grávida! Infelizmente, com a barriga outra coisa incômoda vem junto: a dor nas costas. Será que é normal sentir muita dor nas costas na gravidez? O que fazer para aliviar a dor nas costas? Continue lendo para descobrir todas estas coisas e se informar sobre este problema tão chato!

Dor nas costas na gravidez

Quem nunca sentiu aquela dor nas costas? Algumas vezes são dores leves que só nos trazem pequenos incômodos até dores insuportáveis. São diversos os motivos para que esse tipo de dor surja. Na gravidez, porém, os motivos são mais relacionados ao tamanho e peso da barriga e as mudanças hormonais. A doutora Juliana Torres Alzuguir Snel Corrêa afirmou o seguinte sobre o problema:

“Estima-se que cerca de 70% das gestantes terão dor nas costas em algum momento da gestação. As dores se devem, na maioria dos casos, às mudanças hormonais próprias da gravidez e ao crescimento do útero que deixam a musculatura abdominal mais enfraquecida, sobrecarregando a coluna. Normalmente, as dores aparecem no segundo e terceiro trimestres da gestação e causam muito desconforto para dormir ou caminhar.”

Vimos então, que é um problema extremamente comum na gravidez, mas o que fazer então, para aliviar a dor?

Como aliviar a dor nas costas na gravidez?

Antes de qualquer coisa, lembramos a você, nosso leitor, que as informações deste texto são apenas informacionais e sem voz de autoridade médica. Portanto, consulte-se com o seu médico para, junto com ele, tomar as medidas cabíveis para o seu problema. Este texto tem apenas a função de te ajudar a se informar.

Como na gravidez um dos motivos maior para a dor nas costas é a barriga e o seu peso, listamos aqui embaixo algumas dicas simples que você pode aplicar no seu dia-a-dia.

  • Compressa de água quente: Compressa com água quente é sempre uma boa medida para dor, na gravidez não poderia ser diferente. Para um bom efeito da compressa, se deite em um lugar confortável de lado. (Não é aconselhável deitar de costas, pois o seu peso poderia fazer vazar a água/gel térmico, causando queimaduras);
  • Faça exercícios físicos: Os exercícios físicos são ótimos para o seu corpo e ainda te ajudam a combater a dor nas costas. Veja com o seu médico quais as atividades que você pode praticar para fortalecer a musculatura e ajudar a aliviar as dores;
  • Alongue: O ideal é ter o acompanhamento de um fisioterapeuta ou algum profissional desta área. Mas caso você não tenha acesso a nenhum destes especialistas, veja com o seu obstetra quais alongamentos são eficazes para o seu caso;
  • Use travesseiros: Pode parecer uma dica boba, mas é uma das dicas mais eficazes. Quando você for se deitar, coloque travesseiros entre as pernas e em lugares que você sinta que precisam de uma “forcinha” para não se sobrecarregarem.

Dica do que não fazer

A Doutora Marcelle explicou em seu vídeo que não devemos massagear as costas sozinhas! Pois existem alguns pontos nas nossas costas que, se estimuladas, podem levar a contrações precoces e até a um parto prematuro. Caso você sinta muita necessidade de uma massagem analgésica, procure um profissional capacitado para fazer isso pra você. Agora, durante o parto, a massagem é uma ótima ideia e pode ser uma ferramenta útil em partos mais complicados.

Comentário bônus: A doutora Marceli também informou que a partir da 37ª semana as dores nas costas podem ser na verdade contrações, por isso fique de olho nelas!

Quando preciso me preocupar?

Todo sintoma que não passar e que provoca um dor intensa e insuportável, deve ser reportado ao médico. O mesmo acontece durante a gravidez, mas com o fatora “dor nas pernas” como um adicional. O doutor Marcus Yu Bin Pai diz que quando as dores nas pernas forem mais fortes do que as dores nas costas, há uma grande chance de ser uma dor ciática. Por isso, fique atenta às dores e faça anotações para poder relatar com clareza ao seu médico o seu tipo de dor.

Fisioterapia para a dor nas costas na gravidez

Uma boa saída para fortalecer a sua musculatura e assim aliviar a sua dor, é a fisioterapia. Converse com o seu médico sobre a possibilidade, pois a fisioterapia ajuda a fortalecer os músculos, previne lesões e tem o acompanhamento de um profissional da área da saúde. Além da fisioterapia, outros tratamentos também são ótimos; tais como: acupuntura e a terapia ocupacional. São tratamentos naturais e seguros que podem ajudar, e muito, a lidar com as dores lombares.

Dica extra: peça ajuda nas tarefas domésticas

Em seu vídeo, a Doutora Marcelle, dá uma boa dica para evitar as dores nas costas. Ela diz que muitas das dores são por realização de tarefas domésticas. Logo, uma forma simples e prática de resolver o problema é “passar o bastão” das tarefas. E é aqui que entram os companheiros e familiares da gestante. Se você vive com alguma mulher grávida, se ofereça prontamente para realizar as tarefas de casa. Isso vai ajudar, de maneira absurda, a diminuir as dores desta gestante. E se você for a gestante, não se acanhe em pedir ajudar. Você não é obrigada a lidar com todas as tarefas da vida! Existem pessoas que te amam ao seu redor e muitas vezes ela só não percebem ou não sabem como te ajudar. Ajude-os a perceberem as suas necessidades e os oriente para que eles possam realizar a tarefa com a qualidade que você deseja.

Você não é de ferro! Respeite os limites do seu corpo

Por fim, lembramos que não é errado, de modo algum, você pedir uma pausa por conta das dores. Você não é de ferro e também precisa de descanso. Respeite os limites do seu corpo, para que assim, você tenha uma gravidez menos desconfortável e com menos risco, tanto pra você quanto para o seu bebê.

Gostou deste texto? Esperamos que sim! Compartilhe ele com a sua amiga grávida que está com dores terríveis nas costas e ajude-a a descobrir formas de aliviar as dores. E você? Também sofre/sofreu com dores nas costas? Conta aqui pra gente nos comentários e ajude outras mães a lidarem com o problema!

Loja Lá Vem Bebê

Logo Lá Vem Bebê