Aquela vontade de comer sabonete no meio da madrugada é normal? Com desejo de grávida não se brinca! Toda mamãe adora ouvir esta frase.

Sentir-se especial e amada é uma delícia, e faz parte de toda a gestação. Mas será que é só isso? O desejo de grávida é manha ou tem alguma coisa por trás de toda essa vontade estranha?

Toda mamãe passa por isso: aquela vontade doida de comer alguma coisa que não tem ideia do que seja! E, uma grande parte, vai ainda mais longe: a vontade bate, no meio da noite, mas ela tem um nome: tijolo. Ou sabão, ou manga com cebola, ou sabonete… Qualquer coisa bem maluca! Ou ainda, quando aquela fruta que você odeia não sai do seu pensamento nos últimos dias.

Os desejos de grávida são absolutamente normais- e algumas vezes tem até um motivo para acontecer. É claro que uma parte dessa vontade louca também pode ser apenas uma vontade de receber um carinho! Mas no fim das contas: verdade ou mito?

As duas coisas! Quando se trata de desejos de grávida, há mitos e verdades envolvidas nessa história. Dizer que o bebê vai nascer com a carinha da vontade da mãe é uma bobagem absoluta. Caso contrário, teríamos uma infinidade de crianças com carinhas de montinhos de terra e de melancias com beterraba… Definitivamente, isso é um mito!

Os hormônios também são responsáveis por esta bagunça. Muitas vezes, a variação dos níveis em todos os trimestres da gravidez, modifica o paladar, e faz com que alimentos que não faziam parte da dieta cotidiana da mamãe sejam mais do que urgentes agora. A vontade excessiva por açúcar pode revelar uma hipoglicemia- bastante normal no início da gestação. Mas a vontade de comer algo estranho, ou mesmo que não seja comida, pode ser verdade- e mais que isso, um alerta!

Muitas mamães apresentam um quadro de anemia durante a gestação, que pode se manifestar pela tão famosa vontade de comer tijolos, por exemplo. Ou um belo punhado de terra.

Seu desejo é uma ordem

Como existe uma fundamentação científica para os desejos de grávida, vale a pena levá-los em consideração. O organismo acaba “pedindo” aquilo que está faltando ou que está com níveis mais baixos. Além disso, algumas vontades são apenas para aumentar o bem estar da mamãe.
O aumento do consumo de alimentos cítricos ou mais azedos costuma ajudar bastante na digestão- e diminuir os enjôos do primeiro trimestre.

O gênio da lâmpada

No meio dessa história toda, temos o grande realizador da maioria dos desejos da mamãe: o papai. Nesse momento, um pouquinho de paciência vai ajudar bastante. Mas também cabe à mamãe perceber quando está indo longe demais!

Depois de um dia cansativo de trabalho, será que aquela vontade de comer banana da terra (e só pode ser ela!) às 3 e meia da madrugada, não agüenta esperar até amanhã cedo? Por outro lado, o papai também pode aproveitar esse momento para mimar a mamãe- e o seu pequeno que está lá dentro.

A mamãe comentou que estava com vontade de comer carambola com coraçãozinho de frango de manhã, que tal fazer uma surpresa e chegar com os ingredientes para um jantar bem esquisito à noite? E mesmo acordar às duas da manhã de uma terça-feira chuvosa para ir buscar o bombom que ela tato quer? O que vale é a cumplicidade: esse momento é dos dois! Que tal se colocar no lugar do outro ou pouquinho?

Meu reino por um pote de minhocas

Muitas mamães se sentem assim: fazendo qualquer troca para satisfazer o seu desejo de grávida naquele exato momento! Algumas vezes pode ser fácil – uma fruta, um chocolate, são normais e bem tranquilos de encontrar. Mas algumas vezes, os desejos vão muito além da imaginação! Entre os mais comuns estão:

• Gelo: mascar pedras de gelo ou só consumir líquidos gelados é bastante comum. Uma possível explicação é a alteração hormonal, que faz com que a grávida sinta mais calor.
• Ácidos e cítricos- Durante o primeiro trimestre, muitas mamães sentem mais vontade de tomar sucos de frutas cítricas e algumas até misturam suco de limão nas refeições. O vinagre também é outro desejo de grávida. A acidez ajuda a melhorar a sensação de enjôo, bastante comum no começo da gravidez.
• Carne vermelha- Até mamães que seguem uma dieta vegetariana não estão livres de passar vontade. Em alguns casos, a vontade de comer carne vermelha pode estar relacionada à anemia- por isso a vontade de ingerir mais proteínas.

Os esquisitos também fazem parte da lista.

E, para eles, o céu é o limite! Desde pratos salgados com sorvete até frutas bem doces, como melão e sal. Pense em uma coisa estranha: alguma grávida já sentiu vontade de comer isso! E todas as mamães passam por isso. Algumas famosas surpreendem bastante quando revelam seus desejos de grávida. Beyoncé comia bananas regadas a catchup durante sua primeira gravidez.

As irmãs Kylie Jenner e Kloe Kardashian tiveram desejos ainda mais inusitados: sanduíches de picles e manteiga de amendoim eram regulares em suas refeições. Por aqui, as famosas se dividem entre desejos simples e alguns mais estranhos. Carol Castro, quando estava grávida de sua filha Nina, sentia um desejo irresistível por chocolate. A atriz tem várias fotos no Instagram se deliciando com a guloseima. Já Grazi Massafera não tinha vontade de nenhuma comida específica- contanto que ela fosse servida em uma marmita de alumínio. Mas é sempre importante lembrar: qualquer alteração no seu cotidiano deve ser conversada com seu obstetra. É importante que ele avalie se o que a mamãe sentiu é uma simples vontade ou se pode ser um aviso do corpo para alguma coisa que está faltando.

Os desejos de grávida são uma das lembranças mais gostosas da gestação! Lembrar com amor dos momentos engraçados e das combinações improváveis, gera boas risadas- e boas histórias para contar para o seu bebê.

E você? Já teve algum desejo estranho? Conte pra gente aqui nos comentários!

Desejos de grávida: mito ou verdade?
Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *