7 conselhos de mamães experientes para a lista de enxoval do bebê

O mercado de produtos para bebês lança novidades a todo momento e nem a crise econômica abalou as compras. De acordo com Abihpec (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos), as vendas no segmento infantil quadruplicaram nos últimos 10 anos. O ritmo de lançamentos reforça a lista de enxoval cada vez mais e, em meio a tantas opções, surgem diversas dúvidas entre as mamães:

O que é realmente necessário?

O que eu vou usar em maior ou menor quantidade?

Que produtos realmente cumprem o que prometem?

Então, conversamos com algumas mamães que já passaram por essa experiência e elas compartilharam dicas bastante úteis para compor uma lista de enxoval. Confira!

1. Almofada de amamentação: é útil, mas há controvérsias

Como amamentar é um dos grandes desafios da maternidade, conforto nunca é demais. A mamãe Gabriela de la Rocha, por exemplo, disse que não comprou a almofada de amamentação achando que qualquer outro tipo de almofada cumpriria o mesmo papel, mas se arrependeu.

Outras mulheres entrevistadas também julgaram o acessório indispensável; já Patrícia Araújo afirmou preferir um travesseiro mais fino para acomodar o bebê. Ou seja: no fim, cada mamãe decidirá o que é melhor para ela e para o bebê.

2. Aspirador nasal: não serve para nada

A afirmação foi unânime entre as mães entrevistadas: esse acessório, que promete sugar o excesso de secreção do narizinho do bebê, não funciona na prática. “Só prestou pra fazer meu filho chorar”, afirmou Maria Marambaia.

Nossas mamães também explicaram as técnicas que funcionam bem para garantir a limpeza nasal: a dupla cotonete + soro fisiológico continua em alta. Mas outro recurso bastante elogiado foi o Nosefrida, acessório realmente eficiente como aspirador nasal.

3. Lenços umedecidos: prefira investir em algodão

Lenços umedecidos são grandes fontes de irritação e alergia para os bebês. Por isso, as mamães recomendam sempre usar algodão umedecido em água morna para a limpeza do bumbum a cada troca de fralda. Garanta um bom estoque na sua lista de enxoval!

4. Lixeira no quarto e garrafa térmica: Oi?

É isso mesmo! Um macete simples que, segundo Gisely Luna, vai facilitar muito a vida da mamãe: uma lixeira com pedal no quarto, para descartar as fraldas sujas, e uma garrafa térmica com água sempre morninha para umedecer o algodão usado na limpeza do bumbum do bebê.

 

Leia também:

 

5. Sapatinhos: compre com moderação

lista de convidados para o chá de bebê

Eles são lindos e dá vontade de fazer um estoque: a gente sabe! Mas o uso de sapatinhos no bebê é realmente raro, segundo nossas entrevistadas. A mamãe Amanda Barros Tavares sugere comprar no máximo 2 ou 3 parzinhos. “É triste, comprei vários, um mais lindo que o outro, mas nem servem mais”, lamenta.

6. Termômetro para banheira: vale a pena, sim!

O termômetro para banheira mede a temperatura correta da água. Muitas pessoas recomendam fazer essa checagem encostando o pulso ou antebraço na água, mas pode ser uma manobra arriscada. A maioria das mamães não abrem mão, já que o bebê tem a pele mais sensível que a nossa e é difícil estabelecer um referencial confiável.

7. Talco, óleo de banho, shampoo, sabonete: cuidado com alergias

Cada bebê reage de uma forma diferente aos itens de higiene pessoal. Assim como já falamos sobre os lenços umedecidos, as complicações alérgicas podem acontecer com qualquer outro produto – até mesmo fraldas descartáveis!

Portanto, é bom evitar estoques: a leitora Zilda Ferreira recomenda esperar a criança nascer para saber que produtos não causam nenhum tipo de irritação. Senão, corre-se o risco de jogar bastante dinheiro fora!

Geralmente as pessoas procuram presentear as mamães com acessórios diferentes, o que não é difícil diante de tantas novidades. Mas, nem sempre são itens realmente úteis e adequados para o seu bebê. Por isso, pode ser interessante receber sua parte em dinheiro para fazer melhores escolhas, não é mesmo?

Foi pensando justamente nesses casos que criamos o serviço de chá de bebê online. Por meio dele, os convidados podem acessar sua página personalizada e escolher o presente. Depois, você recebe o equivalente a esse presente em dinheiro.

Assim, é possível fazer uma lista de enxoval com acessórios do seu gosto e comprá-los conforme a circunstância e a necessidade, mesmo depois que o bebê nascer. Gostou da ideia? Então crie sua lista e veja como funciona!

7 conselhos de mamães experientes para a lista de enxoval do bebê
Avalie este post