gravidez não planejada

Como lidar com a gravidez não planejada?

Em um primeiro momento, com o teste de gravidez positivo em mãos, pode acontecer uma mistura de sentimentos. De fato, é sempre uma surpresa a descoberta de que um baby está por vir. Podemos dizer que, de modo geral, algumas mamães planejam a vinda do bebê em seus mínimos detalhes, porém outras passam a descobrir que uma gravidez não planejada está em percurso. Independente do instante que seja revelada a grande novidade, é importante levar o acontecimento da melhor forma possível.

Para que esse período seja leve, mesmo quando a vinda do pacotinho gere um verdadeiro choque em primeiro momento, é importante cultivar a paciência e agir de modo racional. Vale lembrar que, agora, tem um outro coração batendo dentro da mamãe e que cada atitude pode influenciar no seu desenvolvimento.

A grande chave para lidar com a gravidez não planejada é aceitar esse presente que está por vir. O mundo da maternidade revela enormes maravilhas inimagináveis na vida de um casal. Para ajudar as futuras mamães a lidarem com a grande notícia, separamos o artigo em alguns tópicos abordados como: mudança de planos, busca por ajuda e o passo a passo. Boa leitura!

Mudança de planos

Quando falamos de gravidez não planejada, podemos destacar que nem tudo acontece conforme o caminho que foi previamente estipulado. Por vezes, algumas surpresas são encontradas e algumas diretrizes tomam rumos diversos.

Com a surpresa do teste de gravidez positivo, junto, todos os sonhos podem despencar de uma torre de 100 andares e caírem, imediatamente, no chão quando falamos de uma gravidez não planejada. Nem sempre as coisas são planejadas. Se o plano era estudar, trabalhar, ganhar dinheiro e se estabilizar financeiramente, viajar o mundo todo, fazer um intercâmbio, conhecer o parceiro da sua vida, viver um grande romance, ter uma casa linda e se tornar mãe, pode parecer que tudo deu errado.

Às vezes, o plano de ser mãe também nunca existiu e, de repente, você está grávida.

Na realidade, a vida é um roteiro, e não existe o certo ou o errado. Quem disse que, para ser feliz os planos precisam ser sempre planejados?

A gravidez não planejada é completamente normal. Para saber lidar, é preciso se adequar a essa nova fase. Tudo isso se trata de ver a vida de uma maneira diferente, com um outro ponto de vista. 

A gravidez não planejada existe. Todos os anos, 80 milhões de mães no mundo não estavam esperando receber por essa notícia surpresa. Só no Brasil, mais de 55% das mães ficaram grávidas sem planejar a gravidez.  Acredite, você não está sozinha. Isso é completamente normal e ocorre com muita frequência.

Busca por apoio

Mãe, mulher, saiba que você não está sozinha! Criar uma rede de apoio com o companheiro, família e amigos é fundamental para poder desabafar e poder seguir em frente. Nesse momento, ter por perto pessoas que amamos podem nos fazer com que nos sintamos acolhidas diante da situação, podendo elas nos ajudar a aceitar com tudo que está acontecendo, de modo a colocar os nossos pés no chão diante tamanha notícia.

Sem dúvidas, além de ter o apoio de pessoas próximas, fazer terapia pode ser um ótimo recurso para controlar essa situação. Falar abertamente sobre esse assunto e como se sente sobre ele, quais são os medos e as fraquezas é um bom começo.

Procurar ajuda e falar abertamente sobre as inseguranças e às frustrações dessa fase faz com que a mente entenda o que realmente está acontecendo e que conceitue o que é chamado de ‘’fraqueza’’. Assim, isso é uma forma de fazer surgir novas possibilidades, sobre como encarar a nova vida e a aceitá-la como tal. O nome que damos aos acontecimentos pode ser determinante para a maneira de como queremos senti-los, por isso, a aceitação é o primeiro passo.

Se culpar eternamente por tudo o que está acontecendo e carregar esse fardo adiante não faz bem, e ainda, pode trazer várias consequências para o futuro bebê a caminho. As novas mudanças que os próximos meses da gravidez irão trazer serão essenciais para construir um vínculo da mãe com o bebê. 

O amor pelo filho não planejado pode não vir a partir do primeiro ultrassom, do segundo, ou até dos dos primeiros chutinhos, mas em algum momento ele virá. Esse amor se constrói com o tempo e aumenta a cada dia.

Passo a passo de como lidar com a gravidez não planejada

Listamos o passo a passo para você conseguir lidar com a gravidez não planejada. Vale lembrar que, mesmo assim, esse momento não deixa de ser mágico e inesquecível.

O primeiro passo é esperar as emoções passarem: quando receber a notícia, uma série de sentimentos podem vir, todos juntos, felicidade, medo, incerteza, amor. Aos poucos ela é assimilada e a tranquilidade se estabelece.

O segundo passo é falar com o companheiro e, depois, pessoas próximas: é muito importante não estar sozinha nesse momento. Mesmo não existindo um namoro estável ou um casamento, o futuro papai deve saber da notícia para que a enfrentem juntos e curtam juntos essa nova fase que está por vir. Com o tempo tudo se vai se ajeitar da melhor forma e rapidamente. 

O terceiro passo é ir ao médico obstetra de confiança: o pré-natal é muito importante para a saúde do bebê e da futura mamãe. Dizer ao médico suas inseguranças e emoções é muito importante para que ele entenda o que está passando. Vale lembrar que os médicos estão acostumados com tudo isso. Caso ele perceba que você não esteja emocionalmente bem com a chegada do bebê, poderá te encaminhar a outro médico especialista ou a fazer um acompanhamento psicológico. Receber ajuda profissional sempre é bem-vinda e muito benéfica nessa altura do campeonato.

O quarto passo é contar para a família: pode ser uma notícia difícil, principalmente se a família for mais conservadora. Se a sua família esperava você estar em um relacionamento sério para depois ter filhos, pode ser um pouco chocante para eles receberem essa notícia. Caso alguém da família seja assim, peça ajuda a uma pessoa mais flexível e compreensiva para contar a grande notícia. É muito importante que comentários negativos, de qualquer pessoa, sejam ignorados, pois ninguém tem a ver com a sua vida; esse é o seu momento. 

Mistura de sentimentos

Vale lembrar que, mesmo com uma gravidez não planejada, os sentimentos se harmonizam em algum momento. Durante a gestação o corpo da mulher se prepara para o novo filho que está vindo. O sentimento de aceitação irá chegar e, como consequência, o amor e o instinto materno vão se aflorar, cedo ou tarde. Vale a pena destacar que, se for difícil a aceitação, procurar ajuda de um especialista irá facilitar muito esse processo.

Para concluir…

Podemos dizer que a vida não é um roteiro com começo, meio e fim. Não existe tempo certo de ser mãe ou de casar. Não existe uma sequência exata de fatos que devem ser seguidos para ser feliz. Algumas vezes, a gravidez não planejada pode ser um presente surpreendente. 

Lidar com uma gravidez não planejada pode se tornar o maior pesadelo da vida, mas também, após a calmaria, pode virar um sonho se tornando realidade. Para aceitar todo esse processo é preciso de muita calma e paciência, o que torna fundamental a comunicação com o companheiro, com a família, com os médicos e com quem esteja ao alcance de ajudar. 

A gravidez não planejada pode trazer inseguranças, mas traz também o amor maternal, que é o maior sentimento que existe. Após lidar com as frustrações de não seguir conforme o planejado, a aceitação desse momento irá chegar e se tornará uma grande vitória.

Se você é uma mamãe que gosta de se manter atualizada sobre o universo da maternidade, siga nossa página no Instagram e no Facebook. Esperamos você por lá!