O chá de bebê pode ser azul ou rosa, para muitos ou poucos convidados, com bufê ou lanches caseiros. Independentemente do tamanho da festa e do orçamento, no entanto, o mais importante é que o evento seja inesquecível.

Para tanto, a relações públicas e designer de eventos Ana Paula Caribé, da Festinha Viva, tem cinco dicas simples e fundamentais para a celebração se tornar memorável.

Você também vai gostar:

1 – Local
A dica é optar por um ambiente ao ar livre. “Se puder ser um jardim, melhor ainda”, aconselha Ana Paula. “Se não der, escolha um lugar arejado”, continua ela.
Chá de bebê ao ar livre
Chá de bebê: ambiente ao ar livre é inspiração da “Festinha Viva” da Helena
2 – Tema
Ana Paula é categórica: fuja dos temas comerciais. “Claro que muitas vezes a mamãe é muito fã de uma personagem da Disney, mas mesmo nessas situações vale pensar em detalhes exclusivos, para que a festa não seja mais do mesmo”, explica ela. A definição do tema vai nortear todas as outras etapas do chá de bebê. Uma dica, aliás, é que a festa converse com a decoração do quartinho do bebê. Dessa forma, a mamãe pode aproveitar itens da festa e presentes para o futuro espaço do bebê.
Chá de bebê com temas alternativos
Chá de bebê com temas alternativos. Inspiração nos balões e nuvens do batizado do Pedro
3 – Fornecedores
“Sempre ouça indicações de bons fornecedores, afinal, ninguém quer ficar na mão na última hora, né?”, diz Ana Paula.
Chá de bebê: bons fornecedores para uma festa completa
Chá de bebê: bons fornecedores para uma festa completa. Inspiração da “Festinha Viva” da Marina
4 – Decoração com plantas
Independentemente do tema escolhido, use e abuse das plantas – em vasos, penduradas, nas mesas, no chão. Pode apostar que elas vão deixar o ambiente mais alegre e convidativo. Vale de tudo: levar as de casa, dos vizinhos, apanhar na rua ou mesmo comprar algumas, que depois podem ir para casa.
Chá de bebê: fique atento aos forncedores
Chá de bebê decorado com plantas para celebrar a chegada da Clara
5 – Seja sustentável
Há quem diga que é clichê falar em sustentabilidade, mas nós não achamos. Ana Paula concorda: “Reaproveitar materiais é muito fácil e traz exclusividade para o ambiente”, afirma ela. Vários utensílios que vão para o lixo – como latas e caixas de leite, jornais e papéis diversos – podem ser reciclados para se transformar em itens de decoração. “Esse conceito artesanal também dá à festa um caráter mais original e exclusivo”, explica Ana Paula.
Chá de bebê sustentável: tendência
Chá de bebê sustentável: tendência

Em linhas gerais, uma festa personalizada é garantia de sucesso, especialmente porque ela é prova real de que tudo foi feito com muito amor e carinho. A dica é que o chá de bebê tenha a cara dos pais e do bebê que vem a caminho – coloque ali a história da família, para que os convidados reconheçam vocês em cada cantinho.

Mais uma inspiração da Festinha Viva
Mais uma inspiração da Festinha Viva

O chá de bebê online é uma boa ferramenta para ajudar nesse processo. Com ele, a mamãe pode personalizar a lista de presentes e escolher, depois, como gastar o dinheiro – para facilitar a descoberta da mamãe em busca de um chá de bebê simples e prático, fizemos um passo a passo para você montar sua lista de presentes do chá de bebê online no Lá Vem Bebê.

Lá Vem Bebê - Calculadora de comidas e bebidas para Chá de Bebê

Lembre-se também que é importante variar no cardápio, para agradar a todos os tipos de paladares, e pensar em boas brincadeiras, que vão garantir risadas e momentos de qualidade entre todos.

Mesa linda para o chá de bebê de menina
Mesa linda para o chá de bebê de menina

Por fim, as lembrancinhas. Que tal deixar a criatividade fluir e personalizá-las também? Temos algumas boas dicas aqui para ajudar na inspiração.

E não se esqueça que também temos uma calculadora de chá de bebê, mamãe. É uma ferramenta e tanto para ajudar a pensar no cardápio.

Fotos: Facebook/Festinha Viva
Cinco dicas para fazer um chá de bebê inesquecível
Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *