Cha de Bebe Online

Armazenar leite materno: descubra como fazer!

Armazenar leite materno é uma atividade necessária. As mamães precisam amamentar seus bebês constantemente, tanto porque eles precisam se alimentar para que possam crescer saudáveis, mas também porque é necessário que o leite produzido saia do corpo.

Neste texto, explicaremos qual a importância de armazenar o leite materno e como guardá-lo corretamente, para que ele possa alimentar seu filho ou para ser doado para mamães que não conseguem amamentar.

Qual a importância de armazenar leite materno?

Diversos motivos podem levar uma mãe a precisar armazenar leite materno: caso o neném seja muito pequeno e ela precise se ausentar, ele precisa do leite materno para se nutrir enquanto ela não pode amamentá-lo.

Além disso, sempre dar o peito pode ser uma atividade um pouco dolorosa para a mamãe, principalmente quando o neném já começa a ter os primeiros dentinhos e morde tudo que vê pela frente.

Cha de Bebe Online

Algumas mães também podem sofrer com o chamado “leite empedrado” ou ingurgitamento mamário. Ele acontece quando o leite da mama não é expelido completamente. Com isso, as glândulas mamárias inflamam, fazendo com que elas aparentem estar muito cheias e duras. Também é possível perceber extravasamento das mamas, ou seja, vazamento de leite, e também desconforto.

Entretanto, é preciso retirar e armazenar o leite materno da maneira correta, pois ele pode estragar facilmente, o que causará problemas para o bebê, como crises de diarreia, intoxicação, dentre outros problemas.

Nesta fase, o bebê não tem proteção nenhuma contra bactérias que estejam no ambiente e que podem infectar o leite materno. Então, todo o cuidado é pouco na hora de realizar essa atividade, para não danificar a saúde do seu bebê ou o de outras pessoas, caso a intenção seja de fazer uma doação.

Então, confira nos tópicos a seguir como você poderá retirar o leite materno da maneira mais higiênica possível, sem contato com germes externos. Além disso, também falaremos sobre como você poderá armazenar corretamente este líquido tão importante.

Como retirar o leite materno da maneira correta?

É possível extrair o leite materno de duas formas: manual ou por meio de uma bomba materna ou extrator. A seguir, você verá qual a maneira correta de coletar o seu leite em cada um desses métodos.

Extração manual

Para quem quer fazer a extração do leite de maneira mais ocasional, ou seja, quando necessitar sair ou perceber que ainda restou leite nas mamas, o método manual é o mais indicado, já que ele é mais barato.

O primeiro passo é se manter relaxada, para que o leite saia com mais facilidade. Após isso, higienize bem as mãos, além de tomar um banho morno ou passar panos quentes na mama para relaxar o músculo.

Comece então a massagear do peito para a auréola. Após isso, segure uma das mamas com uma mão e utilize os dedos da outra para apertar em direção à auréola, fazendo com que o leite saia. Coloque-o diretamente em um recipiente esterilizado com abertura larga.

Extração com bomba materna

Para as mamães que precisarão tirar leite com mais frequência, como no caso de alimentar bebês prematuras ou a necessidade de sair de casa com frequência, pode ser interessante investir em um extrator ou bomba materna para agilizar o processo.

Existem diferentes tipos de bombas, como as mecânicas ou elétricas. É necessário que a mamãe pesquise bastante para verificar qual o tipo que mais se encaixa nas suas necessidades e orçamento.

O modo de utilização depende de cada tipo de máquina, mas o indicado é que faça treinamentos, tanto para aprender a extrair o leite corretamente, tanto para ensinar o seu bebê a usar a mamadeira.

Como armazenar leite materno adequadamente?

É preciso que ele seja armazenado em um recipiente totalmente higienizado, para evitar que bactéricas, fungos e germes possam entrar em contato com o leite materno, e futuramente, com o organismo do seu bebê.

Você pode escolher recipientes de plástico ou de vidro, mas é importante que eles sejam hermeticamente vedados e também sejam esterilizados antes de colocar o leite. Você pode higienizar frascos de vidro com água quente ou limpar os recipientes de plástico com álcool.

Uma dica para evitar desperdícios é armazenar o leite em poucas quantidades, já que uma vez dado ao bebê, o leite que sobrar não poderá ser armazenado novamente. Procure colocar em cada frasco apenas a quantidade que o neném costuma tomar por mamada.

Além disso, não encha o recipiente até a boca: procure deixar pelo menos 2cm livres, já que os líquidos congelados tendem a se expandir no frio intenso.

Após devidamente colocados em seus frascos, o leite deve ser colocado na geladeira ou freezer, a depender do período em que ele será utilizado. Quando armazenado na geladeira, o leite dura cerca de 24 horas.

Já em temperatura ambiente, ele deve ser dado à criança em até duas horas. A preferência é oferece-lo assim que retirado, já que microorganismos presentes no ambiente pode infectar o leite, ocasionando em intoxicações no bebê.

Já quando está no congelador menor que 19 graus negativos, pode ser consumido em até 6 meses.  Uma dica para não perder a data de validade do leite é colocar etiquetas nos recipientes com a data de coleta, para que você sempre saiba até quando poderá dá-lo ao seu bebê.

Como descongelar o leite materno?

Chegou o dia de utilizar o leite materno que estava no congelador, mas como esquentá-lo de maneira correta, sem causar danos à sua composição? A melhor maneira de esquentar o leite materno congelado é colocando-o submerso em água morna, agitando o frasco.

Apesar de poder demorar um pouco, o leite esquentará até uma temperatura que não seja muito quente, além de manter todas as propriedades nutritivas do alimento. Na hora de dar ao seu bebê, agite mais um pouco.

Não é recomendado esquentar o leite no microondas, já que as suas ondas eletromagnéticas destroem as propriedades protetoras do leite, além da chance de deixar o leite em uma temperatura muito alta, o que pode causar queimaduras em sua boca e partes internas.

Outra alternativa para descongelar o leite é utilizar aquecedores de mamadeira ou biberões. A dica é optar pelos que funcionam à vapor, já que não esquentarão até uma temperatura de ebulição, evitando assim que você dê um leite muito quente para o seu bebê.

Não é recomendado congelar novamente o leite materno, uma vez descongelado. Caso tenha sobrado algo da mameira, descarte-o. Caso você esteja retirando o leite para doação, verifique qual o procedimento de cada banco de leite para receber as doações.

Assim, você coseguirá ajudar diversas mamães que por algum motivo não conseguem amamentar seus filhos, ou nutrir maternidades que cuidam de crianças órfãs e que precisam desse liquído para crescerem fortes e saudáveis.

Que outras dicas posso utilizar para cuidar do leite materno?

Você ainda pode seguir algumas outras dicas para garantir a qualidade do leite, e assim, fazer com que o neném tenha uma alimentação mais rica em nutrientes e a mamães tenha menos preocupação com esse processo.

Escolha o local adequado

Escolha um local calmo para amamentar, que não tenha muitas interrupções e barulho, para que você e o bebê se mantenham relaxados durante esse momento. Afinal, o estresse pode fazer com que o leite não saia.

Conheça o seu bebê

Outra dica é tentar entender como funciona o sistema biológico do seu filho, para que consiga prever os momentos em que ele esteja com fome. Caso você o amamente apenas quando ele está faminto, ele pode ficar estressando e não conseguir mamar corretamente.

Você entenderá quais serão os melhores momentos para amamentá-lo, além de conseguir descobrir quando existir alguma coisa errada, pois um dos sintomas pode ser a mudança na rotina de alimentação.

Cuide da sua saúde

É muito importante que a mamãe cuide da sua saúde física e mental durante o dia. Tendo uma alimentação correta e descansando corretamente, seu corpo produzirá naturalmente mais leite, além do momento de amamentação ser mais fácil.

Conte com a ajuda do parceiro ou de familiares para cuidarem do bebê quando você for descansar. Ele estará em boas mãos e você poderá dormir tranquilamente. Não esqueça de se hidratar enquanto estiver amamentando e também no decorrer do dia.

Alimente-se corretamente

Durante as refeições, não foque apenas em consumir alimentos que estimulam a produção de leite materno, mas que também auxiliam a uma melhor saúde. Com isso, além de em maior quantidade você também vai produzir leite de maior qualidade nutricional.

Alguns alimentos que estimulam a produção de leite são: sãlmão, iorgute, legumes, arroz integral, ovos, folhas verdes, carnes magras, etc. Procure entrar em contato com um nutricionista para que ele consiga encaixar essas comidas em um cronograma alimentar completo, e assim, evitar com que você fique com falta de nutrientes.

Assim, aplicando as nossas dicas de como extrair e armazenar o leite materno, além de conferir algumas maneiras de produzir mais leite, você conseguirá oferecer uma alimentação rica para o seu neném, e assim, ele poderá crescer saudável.

Gostou do texto? Então nos siga no Facebook e Instagram para conferir os conteúdos exclusivos que postamos por lá, além de não perder as novas publicações do blog!